Vitrine Digital

Archive for the ‘Coberturas’ Category

Por Luisa Vidor

Fotos: Luisa Vidor

O Vitrine fez a cobertura do Moda Recife 2010 em seus dois dias.  No primeiro vocês conferiram com a repórter Vanessa Santos todos os flashs 😀 E agora como prometido, mesmo atrasado por probleminhas técnicos, o resumo imperdível do segundo dia. Acredito que você vai se inspirar para o verão, pois a moda que foi mostrada, com certeza estará nas ruas. Confere!

Guilermina Guinle - Grendha Esposende

Rush

Rush Moda Praia - Modelo Viviane Surgek

Rush

Manoel Ozi

Monoel Ozi

Handara

Handara - Destaque para Chiara Gadaleta assistindo o desfile

Isabela Fiorentino - Handara

Romildo Nascimento

Romildo Nascimento

Romildo Nascimento

]

Sá Maria

Sá Maria

Anunciada

Anunciada

Por Vanessa Santos

Hoje, quarta-feira (1), está sendo realizada uma coletiva de imprensa  na loja da Rommanel que fica na Rua Imperatriz, no bairro da Boa Vista. O que será discutido é o evento que acontecerá no próximo domingo (5), além de apresentar as tendências para o verão e para o ano de 2011.

Saiba mais:

A Festa das Estrelas

Com informações da assessoria.
A Rommanel, linha nacional de semijóias, realiza grande evento na Blue Angel, com a participação especial do ator global Henri Castelli, desfile da sua nova coleção de jóias e muito mais. A Festa das Estrelas será no domingo, dia 05 de dezembro às 15h e prestigiará as consultoras de venda da marca em Pernambuco que conseguiram bater a meta do ano. Além disso, serão expostas em desfile as tendências para o verão e para o ano de 2011.

A nova coleção da Rommanel, traz jóias, com diferentes desenhos, inspiradas na leveza da água, nas cores das pedras e no brilho acetinado das pérolas. Única e diferenciada dentro do universo Rommanel, feita para mulheres que querem transmitir atitude e estilo.

Por Vanessa Santos

Crédito das Imagens: Vanessa Santos

Foi bom?! A primeira noite do Moda Recife apresentou o que já tínhamos visto. Nada de grandes novidades para o cenário da moda de Pernambuco. A maioria das marcas não colocou o que deveria ser tendência, não inovou no estilo. Vimos o “normal”.

Foi ruim?! Uma estrutura que não fica atrás de nenhum outro evento do mesmo porte. Organização e sofisticação, a produção do evento pareceu dar o seu melhor para que o Moda Recife faça parte dos eventos que compõem o calendário da cidade.

O público? Talvez umas mil (?) pessoas, entre Vips, imprensa e adeptos da moda em geral. Mas vamos ao que realmente interessa.

CHIARA "Eu gosto da Chanel porque ela entendeu as necessidades de sua época"

Moda sustentável, nova era da moda”, foi com esse tema que Chiara Gadaleta abriu o evento. Em uma palestra de aproximadamente uma hora, a italiana bem brasileira (pois está no Brasil desde os 5 anos de idade) explicou o significado de pensamento colaborativo, interdependência e capital natural. Mostrou a sua visão de sustentabilidade e falou por que escolheu a moda para apresentar os movimentos sustentáveis das várias partes do país. “Através da moda podemos provocar a moda sustentável”. Chiara realmente mostrou o que está virando tendência mundial, mas esqueceu que não estava falando para um público “super A”. Talvez tenha exagerado um pouco ao falar, e também mostrar, peças caríssimas de estilistas famosíssimos, quando o que realmente deveria ser mostrado era a moda de brechó. Não os brechós de Milão (ou sei lá de onde ela tava mostrando), mas os brechós regionais. Ora, o objetivo do Moda Recife não é valorizar o que temos aqui na nossa terra?! Bom, mas no geral foi uma palestra lindíssima e que talvez tenha conseguido mudar a cabeça de alguns dos presentes quando o assunto for “reciclar”.

Começam os desfiles. A primeira marca a pisar na passarela foi a Blash com a moda “Sertão Pop Star”. O objetivo foi misturar a moda sertaneja, as técnicas de xilogravuras, com a grafitagem da cidade, o que transformaria as peças em urbanas. Parecia que isso não poderia dar certo, mas eles arrasaram e fizeram uma moda para realmente ser usada.

BLASH

ISKA VIVA

Os laços foram o destaque da marca

Em seguida, foi a vez da Iska Viva apresentar a sua moda praia. As cores foram as já esperadas para o verão, verdes, rosas, laranjas, azuis. Os modelos não mudaram muito, o que predominou foram os laços. Ao que parece serão o destaque da marca.

SAMKARA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Samkara foi a terceira a desfilar na noite, sua moda simples trouxe tecidos leves e caídos, a maioria com estampas florais. Foi simples, mas também foi interessante.

 

 

 

 

 

 

Mais um destaque para a noite, a Club Noir veio com a proposta de mostrar a importância da democratização da moda e desfilou uma coleção em tecidos naturais, 100% algodão com detalhes acetinados. As cores foram os tradicionais preto, branco e cinza, o diferencial foram os acessórios em contrates laranja, vermelho e amarelo.

 

CLUB NOIR

MARIA PIJAMA Faltou "tranquilidade"

 

 

 

 

Maria Pijama. “Roupas de dormir” não parecem poder se destacar, mas a marca deu um destaque maior para as estampas florais e muitos laços em cetim. Foi bonito, apesar de fugir um pouco do ideal para o tipo de moda, afinal para dormir bem é preciso uma sensação de paz, de tranqüilidade. Então, fico com as tradicionais peças brancas.

 

 


A Rota do Mar e a Sport Company não trouxeram nenhuma novidade para a moda masculina, apenas deram destaque para as estampas e os jeans lavados.

ROTA DO MAR

SPORT COMPANY

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

METAURUS


METAURUS

 

 

 

Jeans e tecidos transparentes foram as tendências apresentadas pela Metaurus. Sua moda feminina ganhou mais destaque com as bolsas D’Carvalho.

 

 

 

 


 

MACARIUS

 

 

 

Encerrando a noite, foi a vez da Macarius mostrar a sua coleção focada na fauna e na flora. Uma brincadeira com as cores, dando o glamour da coleção, mostrou que a moda artesanal também pode ser sofisticada.

 

 

 

 

 

Todas as marcas mostraram o que iremos ver nas ruas, só faltou apenas inovar um pouco nos estilos para apresentarem um material realmente interessante. A Couro & Cia esteve presente na maioria dos acessórios.

Continue acompanhando o Vitrine Digital para saber o que rolou no segundo dia do evento.

Por Vanessa Santos

Com informações da assessoria.

Romildo Nascimento

O empresário Ricardo Coller comemora a vinda de ícones da moda para o seu Moda Recife 2010. Confirmado para o evento, desfile do estilista Romildo Nascimento, que se transformou em queridinho nacional após ter uma de suas peças vestidas pelo renomado estilista japonês Kenzo Takada. Na passarela pela Rush Praia, a modelo Viviane Surgek, que participou das semanas de Moda de Nova York, Milão, Paris e Espanha e aporta no Moda Recife este mês. Para acompanhar a beldade nos desfiles, modelos das agências Ello e Ford Models, que terão cabelo e maquiagem produzidos por uma equipe especial do Jacques Janine, vinda de São Paulo. A decoração e ambientação do camarim, sala Vip e coquetel de encerramento fica por conta do pernambucano Eider Santos. 
 

Mais sobre o Moda Recife – Em sua terceira edição, o Moda Recife acontece dias 25 e 26 de novembro, das 17h às 21h, na Rua da Alfândega (em frente ao Shopping Paço Alfândega). Na passarela desfilam marcas como Manoel Ozi, Club Noir, Blash, Rush Praia, Corpo Seguro, Handara, Sá Maria, Tribos, Macarius, Anunciada, Esplanada e Grendha – Esposende. A produção estima que o público rotativo do evento chegue a 40 mil pessoas. Não é necessário convite formal para conferir os desfiles, pois o evento é completamente aberto ao público, sem restrições.

O evento promete moda dentro e fora das passarelas. Por isso, a programação também conta com exposições e palestras. Para abrir o primeiro dia do Moda Recife, a apresentadora do programa Tamanho Único (GNT), Chiara Gadaleta, fala sobre “Ser sustentável com estilo” e mostra que é possível consumir e se vestir de forma consciente. Já quem prepara o público para o segundo dia de desfiles é a consultora de estilo da Rede Globo e figurinista da novela Tititi, Marília Carneiro, com o Talkshow “Moda de Novela”, promovido pela Grendha.

Texto e fotos: Thabata Alves

Com expositores de várias regiões do Brasil e do mundo, a Fenearte em sua XI edição já tem seu nome entre as feiras mais badaladas do País, tamanha força tem aumentado também a qualidade e variedade dos  produtos comercializados.

Nos mais de 20 corredores da feira encontramos de tudo, mas fui destinada a conferir os acessórios, quero dizer os melhores acessórios da feira.

Visitei vários estantes e me encantei com as biojóias do Amazonas, mas fiquei mesmo deslumbrada com os acessórios da nossa região, em especial do Ateliê Mar & Arte de Camila Haeckel e da Trocando em Miúdos das queridíssimas Amanda e Juliane.

Biojóia de semente de açaí e madeira

Coleção Chanel da Trocando

Tiara em renda

Trocando em Miúdos

Colar de escamas de peixe da Mar e Arte

Bolsa em couro de tilápia da Mar e Arte

Mar e Arte

 

Por Luisa Vidor

Fotos: Luisa Vidor

No dia seis, terça-feira, a Fenerte apresentou mais um dos seus desfiles de moda. Desta vez foi a hora da Faculdade Maurício de Nassau apresentar sua coleção inspirada no Mangue Beat, tema escolhido pela feira, para o grupo de alunas do terceiro período do curso de Design de Moda. O desafio proposto pelos professores foi que todas as roupas usassem algum material de palha. O resultado foi incrível. “A coleção vem mostrar o lado contrário que ainda não foi mostrado neste tema”, afirmou o coordenador do curso Marco Sales.

Aluna Ariadne Arruda produziu dois looks, um inspirado nas raízes do mangue e outro em Josué de Castro e em sua infância no mangue. “Representei na saia a infância dele e na blusa suas conquistas”, contou a aluna.

Raízes do Mangue por Ariadne Arruda.

Homem Caranguejo. Inspirada em Josué de Castro por Ariadne Arruda.

 Já a aluna Mariza Carilho, 47 anos, viu a proposta como um desafio, até mesmo por ser a aluna mais velha da turma. Na roupa ela preferiu utilizar a esteira de palha de Buriti. “Estou muito feliz. É muito bom mostrar o que você faz e ser reconhecida. Para mim esse momento é importante  porque meu pai que pagava minha faculdade, faleceu este ano”, contou a aluna.

Look de Mariza Carrilho

Todas os look deram um ar moderno ao tema. As cores laranja, amarelo, verde e o cru, foram muito utilizadas. Esta coleção foi uma real releitura do movimento que marcou tão fortemente a cultura de Pernambuco e do Brasil.

Roupa de Ana Caroline França e Mari Fonseca.

A Miss Pernambuco 2010 esteve presente dentre as modelos.

Continue conferindo a cobertura da Fenearte 2010 no Vitrine


Vitrine Digital


Criado especialmente para você: admirador da moda, seja ela qual for! O Vitrine é o espaço onde você encontrará tudo o que precisa saber sobre moda.

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 11 outros seguidores

Resumo do mês

Siga-nos!

  • Vitrine DigitalVitrine Digital, o mais completo blog de moda! 5 years ago