Vitrine Digital

Archive for the ‘Modelos iniciantes’ Category

Eles chegam com a aposta de modificar o cenário do Estado

Por Vanessa Santos

A moda representa, principalmente, as mudanças da sociedade. Em Pernambuco, ela sempre esteve ligada a “figuras pitorescas” como, por exemplo, a Maria Bonita. Seus vestidos e calçados serviram, e servem, de inspiração para muitos estilistas.

Enquanto mercado, Pernambuco começa a engatinhar agora, já que durante bastante tempo a moda foi considerada supérflua e sem valor comercial. Mas hoje, o que se procura lá fora é o que vem do Nordeste – sobretudo com a efervescência do Pólo Agreste, que tem muito para crescer.

Divulgação

Apostando nisso, temos tudo para superar outros Estados em termos de exportação. Com esse crescimento de mercado, surgem novos estilistas e, assim, novas tendências, mas sem nunca perder o toque regional.

Ana Rita Vasques, 26 anos, é um exemplo desses estilistas. Formada em design de Moda pelo Senac, em 2008, é uma das sócias do atelier Dona Liete. Seu interesse por moda surgiu em 2002, quando foi para São Paulo e começou a trabalhar com confecções. Ao voltar para Pernambuco, em 2005, decidiu montar o seu próprio atelier, ao lado de Silene Matias e Jorge Vasques.

Ana explica que o mercado pernambucano vem se profissionalizando e que os pólos têxteis têm investido mais nos profissionais da criação. Para ela, a maior dificuldade encontrada por um profissional dessa área é a necessidade de modificar um método de trabalho muito antigo, o da cópia. “É preciso inovar”, conclui.

Divulgação

Segundo ela, suas idéias surgem de maneira aleatória. “Geralmente são temas com os quais me identifico mais. Procuro aliar esses temas com as tendências vigentes naquela determinada estação, pois tenho que achar um equilíbrio entre o original e o convencional”, explica.

Ao comentar sobre o interesse das pessoas vindas de outras regiões no mercado da moda em Pernambuco, ela afirma que “o lado bom disso é que a nossa nacionalidade é valorizada, e fora do território nacional podemos mostrar que aqui não é só o país do carnaval, da bunda e da pobreza. Podemos mostrar que a nossa cultura vai muito além disso.”

Ana Vasques já participou de eventos de moda como o Oi Fashion Tour 2006 e o Moda Avil 2007. Nas suas roupas o estilo romântico é o que predomina, mas também podemos encontrar o contemporâneo. Além do atelier, Ana expõe as suas peças também em feiras como a Fenearte, Domingo na Rua, Bienal do Livro, Fenahall, em eventos como o Coquetel Molotov, além da internet.

Divulgação

Serviço:

Atelier Dona Liete

Rua Maria Judite Lins, 500-A4. Bairro Novo, Olinda.

Fone: (81) 3493-3592

Anúncios

Por Luisa Vidor

Com 35 % dos votos Rafaela Gewehr ganhou o Menina Fantástica 2009!

O prêmio é 500 mil reais em trabalhos publicitários. Amanhã mesmo ela viajará para os EUA para um primeiro ensaio fotográfico. “Quero dizer que para todas as meninas que tem o sonho de ser modelo vão em frente porque eu nunca imaginei estar aqui e agora eu estou”, afirmou a modelo vencedora. Com 33% Paula Patrial ficou em segundo lugar e Tissiane Freitas em terceiro com 32% dos votos.

Ganhadora do Menina Fantástica - divulgação

Rafaela tem 16 anos e é de Candelária, Rio Grande do Sul. Sua trajetória na competição foi árdua, pois teve que corrigir alguns vícios de movimentos nas passarelas, que foram tirados por ela com traquilidade . Os jurados na última fase da competição afirmaram que ela já estava quase pronta, que tinha uma beleza incrível e por isso encantava quem estava assistindo o desfile.  

A modelo tem 1,78, manequim 36, busto 82, 61 de cintura e 92 de quadril. Medidas perfeitas que a levaram para o sucesso.

Por Vanessa Santos

Não há dúvidas que o mercado da moda em Pernambuco está cada vez maior. Sempre encontramos cada vez mais especialistas, seja na produção de roupas, sandálias, bolsas ou jóias.

“Um dia pedi a bolsa de uma amiga para ver como ela era feita. Cortei em TNT e costurei. Ficou perfeita! Comprei tecido e fiz uma pra mim. A partir daí todas as minhas amigas que elogiavam a minha bolsa, e eu falava que tinha sido eu que tinha feito me pediam uma igual. Fiz várias!” Foi assim que, há quase dois anos, surgiu a AdriCamelo.

Trabalhando na produção de acessórios artesanais como bolsas, colares e sandálias, Adriana Camelo tem inspirações em fotografias que encontra em sites e revistas, procura ficar antenada nas tendências de cada estação e não dispensa andar sempre com papél e caneta, “porque se vem uma idéia já faço umas anotações para em casa deixar no caderno de projetos”, conclui.

Divulgação

Adriana expõe seus trabalhos em páginas de relacionamentos e feiras de artesanatos. E para os interessados, hoje (12/12), a AdriCamelo estará no Bazarte, um bazar de fim de ano que reúne amigas artesãs no salão de festas do Edf. Mairyiara Village que fica na Rua Simões Mendes nº 92 – Jaqueira.

Divulgação

Serviço:

AdriCamelo

Fone: 81-86205459

Por Vanessa Santos

No próximo dia 25, às 19h30, será lançada uma exposição que marca a conclusão da turma de Design de Moda do Senac. O evento acontecerá no Aeroporto Internacional do Guararapes e contará com a apresentação de 14 looks com inspirações gregas e surrealistas assinados pelas sete alunas concluintes do curso.

Baseada no mito de Ícaro, que sonhava em voar para sair do labirinto do minotauro, a produção parte do reaproveitamento do nylon usado em um parapente, uma modalidade de vôo livre, que se transforma em calças, vestidos, macacão e outras peças, misturados com outros tecidos.

Durante o lançamento do evento, será distribuído um catálogo digital com imagens de todos os looks apresentados, fotografados num heliponto. A exposição fica em cartaz até 30/11.

Texto: Jumariana Oliveira

Fotos: Divulgação      

Altura: 1,78m. Idade: 21 anos. Profissão: modelo. Nome: Vanessa de Freitas Jorge. Mas, Malana para o mundo da moda. Essa é a nova sensação do universo fashion.

malana-blog

Divulgação

         Malana entrou para as capas de revista e lentes de fotógrafos depois de ter desfilado no São Paulo Fashion Week em 2009. Em entrevista exclusiva à Revista Vitrine a modelo afirmou: “Só entrei graças à cota obrigatório de 10% de modelos negras.” Depois do desfile, a bela negra recebeu um elogio da ex-modelo e apresentadora Luiza Brunet, de quem se diz ser fã. “Você foi uma das coisas mais lindas que eu já vi nos últimos tempos”, essa foi a frase.        

         Malana começou a trabalhar aos 13 anos, entregando folhetos no semáforo. Perdeu a mãe ainda jovem, mas nem por isso desistiu. Fazia trabalho para algumas agências, e uma delas decidiu mudar seu nome original. A ideia era usar uma identidade que fosse forte, foi ai que surgiu o Malana. Nome de origem havaiana, que significa luz exuberante.

         Certo dia, passando por um cabeleireiro masculino viu a placa PROMOÇÂO: Cinco reais, corte seu cabelo. Foi nesse dia que ela decidiu radicalizar, raspou a cabeleira.

          Malana agora é uma das iniciantes mais elogiadas e prestigiadas da passarela, mas seu trabalho ainda não parou. “Quero chegar até onde Deus me permitir, quando ele falar está bom, aí eu paro. A caminhada é muito longa”, disse.

malana blog

ju1

Ensaio do fotógrafo vick luz

Por: Elayne Costa

Julianne Lemos, 18 anos, distribui carisma e brilho nas passarelas. Desfilando há um ano e meio, a modelo sempre achou o mundo da moda encantador.   

Como começou a carreira de modelo? 

Quando era mais nova recebi um convite para comparecer a uma agência, só que não tive interesse na época… Então, anos depois recebi outro convite e resolvi tentar, não tive nada a perder.

 

Como foi o seu preparo para trabalhar na área?

Fiz um curso de modelo onde aprendi muito! Porém se aprende muito mais na prática.

Como surgiu o interesse por moda?

Desde uns 14 anos, eu ficava olhando desfiles pela televisão e achava tudo muito mágico e bonito, vivia olhando sites de beleza também para aprender as dicas de moda. 

 

Quantos desfiles/ensaios você já fez?

 Fiz alguns trabalhos… Mas, nunca contei quantos.

O que há de melhor em trabalhar nesta área? 

Não é uma área fácil, mas também há muita coisa boa! Conheci pessoas ótimas e tive experiências incríveis.

ju

Gisele Bisson

ju2

Bonequinha de Pano

Bruna

 

 Por: Elayne Costa 

 

Linda e loira, Bruna Bloise, 19 anos, brilha nas passarelas. Desfilando há três anos, a modelo pernambucana teve influência desde novinha.  

 

Como começou a carreira de modelo?

 Quando eu era pequena, tinha uns sete anos, minha mãe me inscreveu em um concurso da Xixi Baby no Shopping Recife. O concurso tinha meninas mais velhas, e por isso, mais experientes que eu. Cheguei até a final, mas não ganhei o concurso que tinha o nome de miss Brasil mirim. Então, depois desse concurso meu pai não queria mais que eu fizesse nada em relação a isso. Quando eu tinha 15 anos, o interesse despertou e então me inscrevi em um curso de modelo e daí estou até hoje modelando!

                
Há quanto tempo você desfila?
Desde os 16 anos.

Quantos desfiles/ensaios você já fez?

Hum… Num lembro quantos não!

 

bruna2

 


Vitrine Digital


Criado especialmente para você: admirador da moda, seja ela qual for! O Vitrine é o espaço onde você encontrará tudo o que precisa saber sobre moda.

Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 11 outros seguidores

Resumo do mês

Siga-nos!

  • Vitrine DigitalVitrine Digital, o mais completo blog de moda! 5 years ago